Sonhos, expectativas e alegria marcam a recepção de calouros

Programação especial foi desenvolvida para dar as boas-vindas aos novos acadêmicos na Cidade Universitária e nos câmpus

Para recepcionar mais de cinco mil novos alunos, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes), com a direção dos câmpus e as representações estudantis organizaram diversas atividades a fim de que todos possam conhecer a Universidade e se sintam integrados à comunidade universitária. “Esse é o grande momento da Instituição, por isso a recepção de calouros foi organizada com muito cuidado e carinho por toda equipe. Nesta edição, os estudantes estão com mais protagonismo e temos diversas atividades na programação”, destacou a pró-reitora Ana Rita Barbieri.

Além da programação especial que incluem visitas, palestras, mostras de filmes dentre outras ações esportivas e culturais, elaborada pelos cursos e unidades, são realizadas atividades institucionais que incluem, além do evento no Teatro Glauce Rocha e nos auditórios e espaços dos nove câmpus, contando com a presença dos gestores, diretores das unidades e coordenadores de curso, uma aula magna e duas ações da campanha Eu Respeito de fevereiro.

Boas-vindas – “Quero participar de tudo que a Universidade oferece e vou procurar aproveitar ao máximo para que eu faça parte da UFMS”, destacou a caloura do curso de Medicina Mariana de Souza. Ela é de Bebedouro, SP, e estava presente na cerimônia de recepção realizada no Teatro Glauce Rocha nesta quarta-feira, 19. Mariana ingressou pelo Sisu na Faculdade de Medicina da UFMS em Campo Grande. “As minhas primeiras impressões foram ótimas. Não tinha ideia da grandiosidade da UFMS, pois só conhecia a instituição pela Internet. Fiquei muito surpresa com a qualidade e com o acolhimento das pessoas. Em poucos dias, tornamo-nos uma família”, falou a acadêmica que está encantada com a estrutura e que adorou estar em Campo Grande.

Os alunos lotaram as dependências do Teatro Glauce Rocha e receberam as boas-vindas dos gestores. “É uma alegria muito grande iniciarmos a semana acolhendo vocês. A partir de hoje, todos irão vivenciar um processo de transformação. É preciso ser grato à Universidade, aos amigos, aos professores e todos os demais servidores. Espero que vocês permaneçam com esse bom ânimo, que tenham sucesso e consigam trabalhar de forma colaborativa. Esse é um ambiente de reflexão e construção. Nossa universidade tem desafios imensos, mas temos muito o que comemorar já por tudo que temos conquistado”, ressaltou o reitor Marcelo Turine.

Durante a recepção institucional, a vice-reitora Camila Ítavo destacou o empenho e envolvimento dos técnicos, professores e dos gestores na preparação das atividades de recepção dos novos acadêmicos. “O esforço de toda a equipe faz com que a cada ano a UFMS se destaque no cenário do ensino superior no estado e no país. Parabéns a vocês que hoje estão aqui, no lugar de milhares de outros estudantes. Gostaríamos de poder receber muito mais alunos, mas isso não é possível. Porém, já conseguimos ampliar a quantidade de acadêmicos matriculados, hoje, são mais de 24 mil estudantes e isso é um orgulho. Ver o teatro Glauce Rocha cheio de sonhos, faz com que tenhamos mais força para continuar e administrar essa grande Universidade. Tenho certeza que vocês terão uma trajetória de sucesso aqui. As dificuldades existem, mas estaremos sempre prontos para ajuda-los”, disse Camila.

A pró-reitora de Assuntos Estudantis Ana Rita Barbieri também desejou as boas-vindas a todos e falou sobre o roteiro da recepção e as atividades programadas. “Vocês realizaram o sonho de entrar na melhor e maior universidade de Mato Grosso do Sul. Sintam-se em casa!”. Ela apresentou, aos novos acadêmicos, os três veteranos que atuaram como mestres de cerimônia: Gabrielle Tavares do Jornalismo, Laiza Cristina Oliveira de Pedagogia e Victor Colibaba de Matemática.

O acadêmico do curso de Educação Física Vitor Francisco Barros em um primeiro momento se sentiu um tanto perdido, as percebeu que a acolhida foi muito boa. “Espero me formar no tempo certo e após isso me especializar na musculação”. Também do curso de Educação Física, o estudante e atleta de jiu-jitsu Isack Nilson Chaves Teixeira achou a recepção excelente. “Espero que o curso seja bom e influencie positivamente na minha carreira. Vou procurar curtir e aproveitar ao máximo. Meus mestres no jiu-jitsu são formados em Educação Física e acredito que essa seja uma área que deva crescer bastante, devido à preocupação com a melhoria da qualidade de vida e das condições de saúde”, comentou.

“A recepção foi muito boa. Não esperava toda essa atenção. Os veteranos têm nos ajudado muito, pois a Cidade Universitária é muito grande. Sou apaixonada por Literatura e já olhei o currículo dos professores da área, pois quero aproveitar todas as oportunidades que a Instituição oferece em especial os projetos de iniciação científica”, disse Adrielle Alves do curso de Letras.

Durante a recepção institucional, os calouros receberam um kit de boas-vindas com uma caneca, uma camiseta e informações sobre localização nos câmpus. Os grupos estudantis, com a participação da Federação das Empresas Juniores do MS, Liga das Atléticas e outros grupos de apoio aos estudantes da UFMS também participaram.

O presidente da Federação das Empresas Juniores de Mato Grosso do Sul, Gustavo Gorki, ressaltou o valor do movimento para os novos acadêmicos. “O objetivo é tentar desenvolver uma mentalidade empreendedora nesses calouros e conseguir melhor engajamento dos alunos nas oportunidades que a UFMS oferece”. Na mesma linha, a presidente da Empresa Júnior Múltipla, Natalia Santarosa, ressaltou a necessidade da visibilidade para o grupo. “É muito importante você conseguir ter essa vivência empresarial durante a faculdade, você sai para o mercado de trabalho muito mais preparado”.

As ações de voluntariado vinculadas à Proaes também estiveram presentes. A acadêmica do curso de Letras, Cristiane Ribeiro Alves, apresentou aos novos estudantes o Coletivo Negro da UFMS. “A gente quer fortalecer as pessoas que estudam aqui, nós queremos apoiar, auxiliar, reunir, para que eles não se sintam sozinhos”.

Durante a semana, também foram programadas visitas às unidades para conhecer a estrutura administrativa da Universidade e principais instalações, além de receber orientações sobre assuntos estudantis, participar de atividades culturais, esportivas e recreativas, e se inteirar sobre os projetos de ensino, pesquisa e extensão. Nesta quinta-feira, 20, em Campo Grande, será realizada aula magna com a presença da presidente da Enactus do Brasil, Joana Rudiger, e visa motivar os estudantes para ações de empreendedorismo social. Durante a cerimônia, haverá também uma apresentação da peça Id 40, com a Cia. de dança contemporânea, para contar a história da federalização da Universidade. O evento será transmitido ao vivo pela TV UFMS e tem início às 8 horas, no Teatro Glauce Rocha. Já no período da noite, a Casa da Ciência realiza na Cidade Universitária um evento de observação do céu com telescópios.

Recepção nos câmpus – Cada um dos nove campus programou uma ação institucional de boas-vindas aos novos acadêmicos. Além de serem apresentados aos gestores e conhecerem a estrutura administrativa, os principais projetos de ensino, pesquisa e extensão e as representações estudantis, eles assistiram a um vídeo institucional produzido pela Agência de Comunicação Social e Científica.

Em Corumbá, no dia 17, os calouros foram recepcionados pela vice-diretora Edneia Aparecida Gomes Ribeiro, no Anfiteatro Salomão Baruki. Ela falou sobre o grande passo dado pelos calouros ao adentrar uma universidade pública. “Nosso campus se renova a cada ano com a chegada de novos alunos, a energia contagiante de vocês mobiliza a nossa Instituição. A partir de hoje vocês fazem parte do movimento Sou UFMS”, enfatizou a vice-diretora. O evento foi encerrado com o show da banda 4EVER.

Para o diretor do campus de Três Lagoas, Osmar de Jesus Macedo, receber os calouros é uma etapa importante no processo educacional. “Este processo é bastante oportuno, pois nesta etapa orientamos e passamos todas as informações referentes as normas e setores, introduzindo esses jovens na nossa comunidade acadêmica”, ressaltou. O calouro do curso de História, Matheus Medeiros, relatou ter altas expectativas para o curso e estar muito animado para começar os estudos. Já para Pedro Guilherme, que ingressou no curso de Enfermagem, o primeiro dia como universitário foi emocionante. “Conheci os professores, coordenadores e gostei muito”.

Em Paranaíba, além da recepção institucional, os calouros conferiram um show de rock com a banda Voláteis e apresentação de músicas regionais pelo professor Tiago Donda, assistiram palestras sobre como cuidar de si e do outro na vida acadêmica e sobre estratégias de estudo, ministradas pelos professores Jeferson Taborda e Renata Bellenzani e pela psicóloga Mayara Coutinho. Lorraynne Ribeiro, caloura de Psicologia, disse que era uma realização muito grande estar em uma instituição pública, ainda mais depois de tantos esforços para conseguir a vaga tão sonhada. “Eu me senti muito realizada em saber que consegui entrar na melhor universidade do estado”, ressaltou. À frente da organização das atividades, Patrícia Queiroz da Secretaria de Apoio Estudantil do campus de Paranaíba, enfatizou a importância da semana inicial como um momento de acolhimento. “As atividades tiveram como objetivo fazer com que o acadêmico se sentisse à vontade no campus, já que a maioria deles vem de fora da nossa cidade. Assim, tudo foi pensado para que eles pudessem conhecer melhor o novo ambiente acadêmico e se sentissem mais confortáveis nesse meio”, destacou.

“Parabéns para vocês, porque entraram em uma universidade pública, gratuita e de qualidade. Essa não é a realidade da maioria dos jovens, que não tem essa oportunidade. Agora vamos à luta!”, disse o diretor do campus de Aquidauana Auri Frübel. “Minhas expectativas são as melhores, porque é a maior universidade do estado e as referências sempre foram muito boas. Eu espero obter durante meu curso maior aprendizado possível e até me surpreendi com as várias áreas nas quais um profissional formado em Letras pode atuar”, afirmou o calouro do curso de Letras, Matheus Hiller. Além de conhecerem a infraestrutura e a equipe de servidores do campus, os estudantes participaram de diversas atividades, incluindo o trote responsável que busca incentivar o cuidado com o meio ambiente e combate ao mosquito Aedes aegypti, desenvolvido em parceria com agentes do Setor de Controle de Vetores, da Secretaria de Saúde de Aquidauana.

No campus de Chapadão do Sul, os calouros foram recebidos com as boas-vindas do diretor, Kleber Augusto Gastaldi, e dos coordenadores de seus respectivos cursos. “Esperamos que vocês tenham uma convivência muito harmônica, um aprendizado excelente aqui conosco […] Sejam bem-vindos, venham participar de projetos de pesquisa, extensão e ensino, participem da vida universitária como um todo!”, afirmou Kleber. Além disso, no decorrer do dia foram abordados assuntos relacionados à assistência estudantil, atendimento psicológico no campus, vida acadêmica e formas de acesso ao ambiente virtual da UFMS. A roda de conversa entre veteranos e calouros foi um momento de integração, onde dúvidas foram tiradas e dicas trocadas. O grupo PET AgroFlorestal e as atléticas também estiveram presentes no evento para apresentar suas ações. Os novos acadêmicos também participaram do trote solidário, planando mudas de árvores pelo campus.

“Estou feliz em receber os mais novos acadêmicos. Espero que vocês valorizem e cuidem do nosso campus, pois aqui passou a ser a sua segunda casa”, enfatizou a diretor do campus de Coxim, durante a recepção dos calouros do curso de Enfermagem, realizada no dia 19. Os novos estudantes foram acolhidos no anfiteatro, recepcionados também pelos professores, servidores e veteranos do curso, além da coordenadora Katia Motta. “Vocês escolheram um excelente curso!”, destacou Eliene. Os estudantes assistiram a vídeos institucionais, as estruturas do campus e o corpo docente. Também foi oferecido um coffee break e realizada gincana para integrar calouros e veteranos. Para a caloura Lorena Camargo de Oliveira, além de esclarecer muitas dúvidas a recepção foi acolhedora. “Na recepção pude me sentir muito acolhida, como foi dito pela diretora, é nossa nova casa, é um clima de família. Sempre tive interesse pela área da saúde, e a área de Enfermagem me despertou a atenção”, disse.

Em Nova Andradina, foram programadas diversas atividades como competições de perguntas e respostas, jogos, café-da-manhã e trote solidário que vai arrecadas alimentos até o dia 17 de março. “É um sonho para mim e minha família, poder ser a primeira a ingressar em uma universidade pública“, contou a caloura de História Vanessa Rodrigues. “Ingressar na universidade é um marco na vida dos estudantes, que vai perdurar por muitos anos. Hoje, estamos recebendo cerca de 200 alunos e desejamos eles façam a diferença na vida acadêmica e profissional. Esperamos contribuir para que  esse sonho se torne uma realidade e que a UFMS seja motivo de orgulho para vida toda”, ressaltou a  diretora do campus Solange Fachin. “Fico emocionado quando entro na sala e escuto ‘sim’ quando pergunto se eles realmente querem fazer o curso de História”, destacou o coordenador do curso Fábio da Silva Sousa durante a cerimônia. A caloura Alessandra Klink teve que dar um tempo nos estudos e estava satisfeita em poder dar continuidade. “Estou muito feliz por estar aqui. Terminei o ensino médio em 1996, mas nem por isso desisti de seguir meu sonho”, contou.

Jogos, aula de zumba, show de talentos, festa à fantasia e arrecadação de alimentos fizeram parte da programação da recepção de calouros no campus de Naviraí. Veteranos, professores, servidores a direção se uniram para receber bem os novos estudantes. “A recepção dos calouros é um momento muito especial, pois cada um deles traz consigo sonhos, esperanças e um brilho nos olhos que os motiva a fazer uma universidade cada vez melhor”, disse o diretor em exercício do CPNV Marco Antônio Costa da Silva. Uma das atividades fez referência à campanha “Eu Respeito” de fevereiro e consistiu na produção do “Mural dos Sonhos do CPNV”, no qual os calouros puderam compartilhar seus desejos e aspirações para o futuro em forma de bilhetes. A caloura do curso de Administração Caroline Silva falou sobre a alegria em fazer parte do time de alunos da UFMS. “A semana de recepção é uma excelente oportunidade para que os novos alunos possam se adaptar ao novo ambiente e conhecer os novos colegas, sentirem-se incluídos no ambiente universitário”. Para a aluna Sibely Medeiros fazer o curso de Arquitetura e Urbanismo é um sonho que se tornou realidade. “A expectativa é grande para o início das aulas. Sinto-me orgulhosa em estar em uma universidade que é referência no ensino público de qualidade”, ressaltou.

Eu Respeito – O cronograma de boas-vindas também inclui duas atividades que fazem parte da campanha Eu Respeito de fevereiro. O trote responsável incentivará o cuidado ao meio ambiente e o combate ao mosquito Aedes aegypti e ocorrerá no evento de recepção da Cidade Universitária. Também como parte da campanha e da recepção, a campanha UFMS Sem Assédio prevê a divulgação de peças gráficas de conscientização nas mídias sociais e unidades, além de capacitações e oficinas junto aos estudantes e servidores.

 O trote solidário promoverá a doação de sangue e o cadastro para doação de medula óssea em Campo Grande e em todos os câmpus nos quais o município possui Hemocentro. Esta ação acontece em parceria com o Instituto Sangue Bom. “É muito bacana podermos participar desse evento e já apresentarmos nosso trabalho e a importância da doação de sangue e medula e poder incutir nos novos estudantes a responsabilidade social e a solidariedade e, assim, ampliar os estoques dos nossos bancos de sangue e a possibilidade de outras pessoas serem curadas por meio do transplante de medula”, comentou o diretor do Instituto Sangue Bom Carlos Alberto Rezende.

As ações de recepção estendem-se até março e irão culminar na realização do Show de Verão em todos os câmpus. Mais informações sobre a programação estão disponíveis aqui.

Texto e fotos: Vanessa Amin e Fernanda Venditte com a colaboração dos estagiários da Agecom nos câmpus: Evelyn Costa (CPTL), Tina Ramalho (CPAN), Michel dos Santos (CPNA), Brunna Oliveira (texto/CPAR) e Leonardo Chaves (fotos/CPAR), Juliana Overlar (CPAQ), Vitória Fátima Bernardo (CPCS), Matheus Márcio (CPCX) e Adolpho Prado (CPNV)