Servidores participam de capacitação sobre Plataforma +BRASIL

De 10 a 14 de fevereiro servidores de diversas instituições estarão na Cidade Universitária para o curso Plataforma +BRASIL. A capacitação ministrada por Hugo Carvalho Marques do Ministério da Economia tem por objetivo o aprimoramento da gestão e da governança e a integração de processos referentes ao tratamento e repasse de recursos federais na plataforma.

Na abertura do curso na manhã de hoje, 10, o reitor Marcelo Turine agradeceu a presença de todos e a disponibilidade do ministrante. “Muito obrigado por ter vindo capacitar nossas lideranças, por fazer questão de conhecer nossas ações de perto e compartilhar seu conhecimento. Nas nossas instituições públicas temos de ter gestão e governança como estratégia de fortalecimento da nossa missão e visão, sem isso não conseguimos estar alinhados com a política de desenvolvimento do nosso País. Sabemos da importância do investimento nessa área para podermos ajudar MS e o Brasil no enfrentamento dos desafios”, disse.

O coordenador da Rede +BRASIL no estado, Luís Carlos Morente reiterou que é preciso melhorar constantemente a gestão. “Não importa o volume de dinheiro a ser administrado e sim o que fazer com esse recurso, como administrá-lo. Desde que haja comprometimento é possível realizar excelentes projetos que atendam diretamente à sociedade”, afirmou.

“A Plataforma +BRASIL é um grande projeto de integração de informações para as transferências da União. Ela representa mais gestão, uma maior capacidade operacional, mais eficiência e transparência. Por meio dela a integração dos municípios com o TCU e uma série de órgãos se dá em um nível de simplicidade que realmente fortalece a gestão pública. Que vocês possam aproveitar cada momento desse curso”, desejou a diretora da Agência de Desenvolvimento, Inovação e Relações Internacionais (Aginova) Nilza Yamazaki.

“Até 2022 todas as transferências da União serão realizadas por meio da plataforma. Ela veio do Siconv, que desde 2008 imprime transparência e segurança aos dados. A proposta é termos na Plataforma +BRASIL um ambiente único, onde será possível operar diversos tipos de transferências e suas particularidades. No curso vamos abordar todas as etapas necessárias para operacionalização do sistema”, explicou Hugo Carvalho Marques, que é coordenador-geral de Governança Colaborativa e Gestão do Conhecimento.

“Para potencializar o alcance dessa iniciativa e visando compartilhar e criar rede de conhecimentos em gestão pública, a UFMS estendeu a capacitação para outras instituições. Assim participam do curso 35 pessoas, entre servidores da Universidade; da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura (Fapec); do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap-UFMS); da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh); da Prefeitura Municipal de Campo Grande; do Governo do Estado, do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS); da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Funaepe)”, informou a diretora da Aginova.

Texto e fotos: Ariane Comineti