Polo Arte na Escola promove décimo Encontro de Professores de Artes do MS e ações educativas

O Programa de Extensão “Polo Arte na Escola” da UFMS, promove entre os dias 18 a 20 deste mês, o 10º Encontro de Professores de Arte do MS, paralelamente com a ação de “Poéticas criativas e educativas nas HQs”. Os eventos visam propor reflexões sobre os seus processos de criação, ensino e aprendizagem, assim como fomentar a formação continuada e inicial de professores e acadêmicos dos cursos de Artes Visuais e Pedagogia.

Os temas serão discutidos em quatro campos específicos, sendo eles do teatro, dança, música e das artes visuais. Por meio de mesas de debates, palestras com renomados profissionais da área, apresentações culturais e diversas oficinas educativas. Posteriormente, pretende-se publicar os artigos e a sinopses das oficinas no formato e-book.

As artes visuais, desdobrada nas suas várias possibilidades de criação, desempenham um importante papel pela possibilidade expressiva e função estética de reflexão, relacionadas ainda às questões culturais, possibilitando ampliar a leitura e os questionamentos sobre o mundo. Nesse contexto o artista visual, o professor de arte e o produtor cultural, são os mediadores dessa ação educativa, propositores de um diálogo interativo com a sociedade, que dessa forma, intervêm na reprodução ou ressignificação de ideias, valores e representações socioculturais.

O evento é gratuito e aberto ao público. Os interessados em participar da programação, devem se inscrever por meio de um formulário, disponível no site do evento www.xencontroprofessorms.wixsite.com/evento. Para mais informações, entre em contato com a organização pelo endereço eletrônico xencontroprofessoresms@gmail.com.

O projeto “Polo Arte na Escola”

O Polo Arte na Escola, em atuação desde 2005, foi instituído através da parceria entre a UFMS com o Instituto Arte na Escola, integrando uma rede de 35 polos atuantes nas universidades brasileiras. Estabelece a relação entre ensino, pesquisa e extensão, aproximando os acadêmicos de graduação dos professores de arte de MS, propiciando suporte teórico metodológico, possibilita a reflexão sobre a prática, estimulando a pesquisa e publicação sobre o ensino de arte.

O embasamento teórico das ações do Programa Arte na Escola, parte do princípio da necessidade de promovemos os diálogos entre a arte e a cultura. As ações com o enfoque no multiculturalismo crítico partem da consciência de que não deve se reduzir à multiculturalidade de “celebração”, nem tão pouco as atividades “clichês” de outras culturas.

Texto: Geovanna Yokoyama (estagiária de Jornalismo) com informações do Polo Arte na Escola.