Pós-graduação em Engenharia Elétrica busca talentos e incentiva inovação tecnológica

Visando promover a qualificação profissional voltada à inovação tecnológica, a pós-graduação em Engenharia Elétrica da UFMS busca talentos e incentiva projetos na área. O processo seletivo para ingresso no primeiro semestre de 2019 já está em andamento, com inscrições a serem abertas de dois a 23 de janeiro.

Os interessados em cursar o Mestrado em Engenharia Elétrica deverão se inscrever por meio do site www.posgraduacao.ufms.br em uma das linhas de pesquisa: “Processamento eletrônico de energia” ou “Sistemas de decisão baseados em computação flexível”. A seleção será composta por prova de conhecimentos, análise de currículo e prova dissertativa. Ao todo serão selecionados 16 candidatos.

Todas as informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas no site da pós-graduação em Engenharia Elétrica ou no edital disponível aqui. As dúvidas poderão ser esclarecidas pelo e-mail mestrado.eletrica@ufms.br ou na secretaria do curso pelo telefone (67) 3345-7392.

Incentivo

De acordo com o coordenador da pós-graduação, professor Edson Antonio Batista, o programa é um dos poucos na área de Engenharia IV na região, por isso é fundamental para a qualificação de pessoal e o fortalecimento da pesquisa, do desenvolvimento e da inovação no estado. “Para além das atividades curriculares, buscamos também empreender na pós-graduação em Engenharia Elétrica atividades que permitam a capacitação em temas específicos e o contato direto com as instituições que atuam no setor, como o workshop realizado em dezembro com a Energisa”, lembra.

No evento, que contou com a participação de pesquisadores e gestores de diversas áreas da UFMS e do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), foram apresentados a visão de inovação do grupo Energisa e o perfil de projetos de inovação a serem desenvolvidos. “A consolidação de parceria entre instituições protagonistas no Estado de Mato Grosso do Sul, focadas no desenvolvimento de projetos inovadores é atrativa para as partes e para a sociedade, uma vez que favorece o surgimento de empresas de base tecnológica e consequentemente a geração de novos empregos. Estes projetos favorecem também a pós-graduação, pois estimulam a qualificação de pessoal e podem gerar patentes, registros de software e publicações de artigos”, afirma o coordenador.

Além do professor Edson Antonio Batista, coordenador do evento, participaram da abertura a vice-reitora da UFMS Camila Ítavo; o gerente corporativo de inovação da Energisa, Gilson Paulillo, o reitor do IFMS Luiz Simão Staszczak; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação Nalvo Franco de Almeida Jr.; e o diretor da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia (Faeng), Robert Schiaveto de Souza.

O evento contou ainda com a participação do diretor presidente da Energisa MS, Marcelo Vinhaes Monteiro e do diretor técnico e comercial, Paulo Roberto dos Santos, que visitaram o Laboratório de Sistemas Embarcados da Faeng e se reuniram com o reitor Marcelo Turine, assessores e diretores da Universidade.

 

 

Texto: Ariane Comineti