PET Agronomia e Engenharia Florestal realiza ações em Chapadão do Sul

Único grupo de petianos do Câmpus de Chapão do Sul, o PET Agronomia e Engenharia Florestal se faz presente em uma série de atividades que envolvem o mundo rural. Implantado em Dezembro de 2010, tem como proposta a busca da sustentabilidade: ambiental, social e econômica dos sistemas de produção de grãos, fibras, animais e madeira (celulose), em ações de ensino, pesquisa e extensão.

A próxima atividade do grupo, que tem 12 participantes, será a participação na realização do VI Simpósio Brasileiro de Nutrição de Plantas Aplicada em Sistema de Alta Produtividade, a ser realizado de 11 a 13 de abril, na Fundação Chapadão, evento com apoio da UFMS.

Nas ações de extensão, o grupo participa da divulgação de conhecimento para planejamento e execução de atividades em assentamento rural. O projeto é realizado pela UFMS em parceria com o Sedema, sob a coordenação da professora Rita de Cassia Félix Alvarez. Da mesma forma, participam com a professora Meire Cordeiro do projeto Solo na Escola, com divulgação do tema para crianças do Ensino Fundamental.

Também na extensão, os petianos realizam, em parceria com a Fundação Chapadão e a Secretaria de Agricultura do município de Chapadão do Sul, o Tecnoagro, evento onde divulgam tecnologias que permitam melhorar a produção e também minimizar os impactos ambientais da atividade agropecuária. Cabe ao grupo PET organizar uma exposição de resultados e áreas demonstrativas em campo sobre inovações e técnicas de produção agrícola no Cerrado, com resultados obtidos nas pesquisas do grupo ou da UFMS.

Anualmente o PET Agronomia e Engenharia Florestal realiza a semana acadêmica para ampliar e fornecer conhecimentos complementares aos acadêmicos, aproximar a universidade e gerar conhecimento para profissionais e produtores rurais, ao mesmo tempo em que permite aproximar os discentes da realidade profissional e das novidades e inovações do setor.

Os petianos promovem a Feira de Profissões com ações em escolas de ensino médio, públicas e particulares, e visitas guiadas aos cursos de graduação no Câmpus. No ensino, os petianos trabalham palestras como “Encarando processos seletivos”, “Ajuda aos alunos diante as dificuldades da vida acadêmica” e realizam apresentações como as direcionadas aos ingressantes na graduação em Agronomia ou Engenharia Florestal.

Ministram palestras para cada uma das turmas, apresentando o curso, as possibilidades e oportunidades para carreira, passando experiência como veteranos e Petianos, apresentam as bolsas disponíveis e o próprio do Grupo PET.

Para o tutor do PET Agronomia e Engenharia Florestal, professor Cassiano Garcia Roque, os petianos são mais dedicados aos estudos e procuram sempre estar preparados para fazer “o algo a mais”.

Saiba mais em http://www.petagroflorestal.ufms.br/.