Agroecol 2018 será realizado na UFMS

No período de 11 a 14 de novembro, a UFMS irá sediar a nova edição do Agroecol 2018. Neste ano, a temática principal visa abordar os “Sistemas agroalimentares, sociobiodiversidade, saúde e educação: desafios e perspectivas”. O evento visa reunir agricultores, técnicos da extensão rural, pesquisadores, professores, gestores, estudantes, consumidores de produtos agroecológicos e orgânicos, assim como outros interessados pelo tema.

Para qualificar o debate, a programação foi estruturada com mesas redondas, no qual recebem palestrantes nacionais e internacionais; discussões em grupos, minicursos e oficinas, exibições de curtas-metragens, apresentação de trabalhos técnico-científicos e de experiências individuais e coletivas em Agroecologia.

Em paralelo ao Agroecol, acontecerá a Feira Agroecológica que será um espaço de exposição e venda dos produtos e serviços da agricultura familiar e suas organizações no estado e no Brasil. Ainda haverá espaço para práticas como a troca de sementes e mudas nativas, além de promover a integração cultural.

Os interessados em apresentar trabalhos científicos ou relatos de experiência durante o evento, devem submeter suas propostas até o dia 15 deste mês, diretamente no sistema da Revista Cadernos de Agroecologia, clicando AQUI. Para participar do evento como ouvinte, as inscrições vão até o dia 27, e devem ser realizadas no site www.cpao.embrapa.br/agroecol2018/. Acadêmicos da UFMS estão isentos das taxas de inscrição. Mais informações pelo e-mail agroecol2018@gmail.com

O Agroecol

O evento é um conjunto de cinco seminários similares em seu campo de diálogo: a agroecologia. São eles: o 3º Seminário de Agroecologia da América do Sul; o 5º Seminário Estadual de Educação do Campo; o 7º Seminário de Agroecologia do MS; o 6º Encontro de Produtores Agroecológicos do MS e por fim, o 3º Seminário de Sistemas Agroflorestais em Bases Agroecológicas.

Além da UFMS, estão à frente da organização a Fundação Oswaldo Cruz do MS, a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), a Embrapa Pantanal, e a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul. O evento é promovido pela Sociedade Científica Latino Americana de Agroecologia, Associação Brasileira de Agroecologia e demais instituições agroecológicas.

Texto: Geovanna Yokoyama (estagiária de Jornalismo) com informações do Agroecol