Universidade receberá doação de corpos

Com o intuito de promover melhor qualidade ao ensino, à pesquisa e à extensão, principalmente na área da saúde, a UFMS implementa o Programa de Doação de Corpos. O lançamento está agendado para o dia 27 de agosto, às 9h, na Sala de Atos da Reitoria na Cidade Universitária.

De acordo com Jussara Peixoto Ennes, coordenadora do Programa e responsável pelo setor de Anatomia Humana do Instituto de Biociências (Inbio/UFMS), os corpos serão utilizados em atividades como a dissecação, o preparo por diferentes técnicas e exposição para o aprendizado. Entre os beneficiados imediatos estarão estudantes, docentes e pesquisadores da área da saúde, em especial dos cursos de Biologia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia/Bioquímica, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Odontologia e Psicologia. “Mas, a verdadeira beneficiada é a comunidade, que será assistida por profissionais melhor qualificados e que, com esse ato de altruísmo, poderá contribuir para a formação desses profissionais”.

Doação

Poderão doar pessoas maiores de 18 anos e residentes em Campo Grande (MS). O interessado deverá acessar o site: https://doacaodecorpos.ufms.br/, onde poderá tirar dúvidas sobre o assunto e baixar os formulários necessários ao procedimento. O doador e um familiar como testemunha terão de preencher alguns documentos, com o reconhecimento de firma em cartório.

Com a documentação em mãos o doador deverá entrar em contato com setor de Anatomia Humana do INBIO/UFMS, pelo telefone (67) 3345-3532 ou pelo e-mail doacaodecorpo@ufms.br,  para agendar a entrega dos documentos e o recebimento do Cartão do Doador. Ou poderá enviar pelo correio, via pela qual receberá o Cartão.

Posteriormente, quando ocorrer o óbito, a família deverá entrar em contato com o Programa, que irá providenciar o transporte do corpo até a Instituição. A coordenadora do Programa lembra que neste momento a família poderá desistir da doação, vontade que será respeitada, mesmo tendo o doador expresso o contrário em vida.

Se a família decidir por respeitar a vontade do doador, no registro de óbito no cartório deverá constar o Laboratório de Anatomia da UFMS como o local de assentamento do corpo doado. E se a pessoa não tiver expressado em vida o desejo de doar o corpo, mas a família assim o quiser após o óbito, deverá também preencher o documentos de doação, solicitar o registro específico do assentamento na certidão de óbito e fazer contato com o Programa, que irá tomar as providências para o direcionamento do corpo.

Além das taxas cartorárias para o reconhecimento de firma, doar não envolve gastos. O corpo será transportado à UFMS de forma gratuita pela PAX MS, por meio de um acordo de cooperação com a Universidade para essa finalidade.

A coordenadora informa ainda que já está programando uma cerimônia ecumênica anual ou bianual na UFMS em intenção dos doadores e familiares.

Museu

Além das atividades de ensino, os corpos poderão também expandir o acervo do Museu de Anatomia Humana da UFMS. Situado atrás do Lago do Amor, no laboratório de Anatomia Humana, o Museu recebe visitas em horário comercial. O agendamento pode ser feito pelo telefone (67) 3345-3532. “Realizamos também periodicamente mostras expandidas pelo Projeto de Extensão do Programa Museu de Anatomia da UFMS em Estações de Ciência, com estações temáticas nas quais peças que não estão no acervo físico do Museu, peças de outras coleções do Inbio, como a Coleção Zoológica e peças de Anatomia Animal, entre outras, são apresentadas”, finaliza Jussara.

O lançamento do Programa de Doação de Corpos da UFMS será no dia 27 de agosto, às 9h na Sala de Atos da Reitoria.

 

Texto: Ariane Comineti – Fotos: Paula Pimenta / Victor Fernando Resende Jacomini / Jussara Peixoto Ennes