Universidade lança segunda edição da Revista Candil

A segunda edição da revista Candil, publicação de divulgação científica da UFMS, acaba de ser lançada. Produzida pela Secretaria Especial de Comunicação Social e Científica (Secom), a publicação contempla projetos de ensino, pesquisa, extensão, bem como atividades de empreendedorismo e inovação desenvolvidos na Universidade.

Entre os destaques da revista está uma reportagem sobre o primeiro transplante de células-tronco mesenquimais em humano realizado no estado. O feito é resultado de uma série de pesquisas desenvolvidas no Centro de Estudos em Células-Tronco, Terapia Celular e Genética Toxicológica (CeTroGen). O Centro é coordenado por professores da Faculdade de Medicina e está instalado no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap).

Na entrevista, o secretário de estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, fala sobre as mudanças decorrentes do Decreto Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, entre elas a desburocratização dos processos de produção da ciência em MS.

Você sabia que a UFMS detém o mais importante acervo de plantas secas do estado? A revista traz uma matéria sobre o Herbário CGMS, localizado na Cidade Universitária.  A unidade guarda 70 mil exemplares armazenados em ambiente climatizado, constituindo, o maior acervo com plantas do Pantanal, das veredas e do chaco.

Dando sequência à série especial sobre os 40 anos da Universidade, a Candil traz também uma reportagem sobre a trajetória do ex-reitor Celso Vitório Pierezan. Além de professor do Departamento de Matemática, Pierezan ocupou diversos cargos administrativos e esteve à frente da Reitoria no período de 1992 a 1996.

A publicação apresenta também matérias sobre o trabalho de monitoramento realizado por pesquisadores na Bacia do Guariroba, em Campo Grande; os estudos para reduzir impactos associados à cadeia produtiva da carne; a participação da UFMS na elaboração do Atlas Linguístico do Brasil; o aplicativo Expert UFMS com informações sobre a Universidade; os projetos de extensão que resultaram em materiais didáticos, livros e filmes produzidos por crianças; e pesquisa sobre as condições nutricionais e de saúde de mães e bebês Terena.

Esses e outros assuntos podem ser conferidos na segunda edição, distribuída gratuitamente. O exemplar também está disponível em formato digital, para ler a revista clique aqui.

Texto: Vanessa Amin