UFMS e Famerp terão mestrado interinstitucional

Por meio de um acordo de cooperação a UFMS e a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) formarão 20 mestres em Ciências da Saúde. A iniciativa para o desenvolvimento do mestrado interinstitucional surgiu de parcerias entre docentes do curso de Medicina do campus de Três Lagoas e da Famerp.

De acordo com a coordenadora da ação no campus, professora Juliana Pessalácia, a cooperação irá contemplar os servidores, os estudantes e toda a comunidade. “A qualificação poderá proporcionar melhorias não apenas nas práticas educacionais no âmbito dos cursos de graduação e pós-graduação, mas também a nível assistencial, à medida que a pós-graduação fomenta a prática baseada em evidências científicas, proporcionando melhores condições de saúde para a população assistida pelos médicos”, disse.

A seleção será feita pela Famerp, com data ainda a ser confirmada, e será voltada preferencialmente a docentes e técnicos-administrativos que atuam na graduação em Medicina do campus. As aulas serão realizadas em regime concentrado, com disciplinas do ciclo fundamental presenciais na Famerp, em São José do Rio Preto, e disciplinas do ciclo composicional que poderão ser realizadas na pós-graduação em Enfermagem da UFMS, recentemente aprovada em Três Lagoas, ou em outros cursos de pós-graduação com disciplinas relacionadas. “Os docentes da pós-graduação em Enfermagem irão atuar como coorientadores no mestrado interinstitucional, o que poderá subsidiar uma colaboração efetiva para projetos de pesquisa com a Famerp”, lembrou a professora.

A UFMS irá oferecer a infraestrutura para as aulas no campus. Irá também custear o transporte dos docentes que virão ministrar as disciplinas e parte dos materiais que serão utilizados pelos pós-graduandos nas atividades de pesquisa. A Famerp irá oferecer a infraestrutura para as aulas em São José do Rio Preto e será responsável pela seleção, indicação dos orientadores, avaliação e acompanhamento dos pós-graduandos nas demais atividades inerentes ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde. “O projeto conta com todo o apoio da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UFMS e da direção do campus de Três Lagoas para efetivação das ações de ensino e pesquisa acordadas.”, finalizou.

 

Texto: Ariane Comineti – com informação coletadas por Talita Oliveira da Rádio Educativa UFMS