Presidente Jair Bolsonaro nomeia para a UFMS o Reitor Marcelo Turine

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, nomeou o professor doutor Marcelo Turine como reitor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) para o mandato de 2020 a 2024. A decisão de nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (23/9).

A chapa vencedora foi formada pelos professores Marcelo Turine (reitor) da Faculdade de Computação (Facom/UFMS) e Camila Itavo (vice-reitora) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (Famez/UFMS),  e ficou em primeiro lugar tanto na consulta à comunidade universitária quanto na lista tríplice encaminhada pelo Conselho Universitário ao MEC. Na consulta, foi a mais votada nos três segmentos (estudantes, técnicos e docentes). A chapa foi reeleita para o novo mandato que se inicia em 26 de outubro de 2020 e finda em 24 de outubro de 2024.

“Recebemos com muita honra e alegria a nomeação. Gratidão ao Presidente da República Jair Bolsonaro e ao nosso Ministro da Educação, Milton Ribeiro, pela confiança na gestão de uma das 69 Universidades Federais do Brasil. Agradecimentos à Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, à bancada federal, à comunidade universitária da UFMS, ao presidente da Ebserh, General Oswaldo de Jesus Ferreira, e a todos que amam a UFMS. Agradecimento a Deus pela vida e pela conquista e às nossas famílias, pela presença constante. É um momento de muita emoção e responsabilidade para mim e para a vice-reitora Camila Ítavo. Fomos reeleitos pela Comunidade Universitária em 1º lugar, e a escolha foi aprovada pelo nosso Presidente. Reforçamos nosso compromisso com Mato Grosso do Sul e com o Brasil de ser referência no ensino, na pesquisa, na extensão e inovação, sempre para atingir um ensino público, gratuito, de qualidade e inclusivo”, afirmou o reitor. “Agradecemos a todos que nos apoiam e trabalham por uma UFMS cada vez melhor, orgulho de ser UFMS”, disse.

Os projetos estratégicos para a próxima gestão compreendem a continuidade do fortalecimento da UFMS com mais parcerias, nacionais e internacionais, para o desenvolvimento competitivo do Estado de Mato Grosso do Sul; melhorias nos indicadores de qualidade de Ensino, Pesquisa, Extensão, Inovação, Governança e Empreendedorismo; crescimento nos rankings nacionais e internacionais; simplificação, desburocratização e transparência de processos, além do combate incessante à fraude e corrupção para o uso correto dos recursos públicos.

Texto: Rose Pinheiro

Fotos: Leandro Benites