Nova edição da Revista Candil apresenta pesquisas de impacto para o Mato Grosso do Sul

A 11ª edição da Revista Candil, de divulgação científica da UFMS, traz pesquisas realizadas na Universidade que contribuem para o crescimento do nosso estado.

A técnica da ovinocultura é apresentada como capa da nova edição. Nas últimas décadas, o setor de ovinos está em crescimento em Mato Grosso do Sul e o Grupo de Estudos em Ovinocultura da UFMS é uma das iniciativas que tem contribuído para a expansão da área, com atividades de ensino, pesquisa e extensão. Com o projeto “Viva Ovinocultura” e “Viva Ovinocultura Mulher”, mais de mil produtores rurais foram capacitados com técnicas adequadas para criação e manejo, em um sistema produtivo adequado ao Cerrado.

Na Entrevista, o CEO da Copa Energia, Caio Turqueto, fala sobre como o Gás Liquefeito de Petróleo, mais conhecido como GLP, tem sido utilizado em pesquisas e para o desenvolvimento do agronegócio no estado. Na UFMS, o gás de cozinha é objeto de estudo de projetos que envolvem o setor de piscicultura e o abastecimento energético da Instituição.

No setor da saúde, um estudo sobre a composição e as propriedades biológicas de amostras de própolis produzidas pela abelha-europeia, em diferentes regiões sul-mato-grossenses, apresenta o potencial anticâncer dessa substância e traz informações importantes para o desenvolvimento da economia local.

A Revista apresenta ainda o projeto de extensão Rota Rupestre; a descoberta de novas espécies de liquens; o uso de microalgas para o tratamento de esgoto; o impacto das tecnologias móveis na aprendizagem infantil; o suco da mangaba como alternativa natural aos laxantes; as alterações no sistema endócrino provocadas pela Covid-19; e o pilates como aliado no tratamento pós-câncer.

Para fechar a edição, a história do servidor que atua há 14 anos no Câmpus de Chapadão do Sul.

A publicação completa pode ser conferida aqui.

Texto: Thayná Oliveira