Integra UFMS ganha destaque na sétima edição da Revista Candil

Já está disponível para leitura on-line a 7ª edição da Revista Candil, publicação de divulgação científica da UFMS, produzida pela Agência de Comunicação Social e Científica (Agecom). A Revista abriga as produções acadêmicas, científicas, tecnológicas, artísticas e culturais da Universidade e pode ser conferida aqui.

Especialmente para essa edição, foram produzidas reportagens sobre o Integra UFMS e os projetos premiados nas mais diversas áreas do conhecimento. Considerado o maior evento científico de Mato Grosso do Sul, em 2020, o Integra foi realizado virtualmente, devido à pandemia da Covid-19. Os desafios e as expectativas em relação ao evento foram superados. Mais de 1,1 mil trabalhos foram apresentados em formato de vídeo, retratando projetos técnicos, científicos, culturais, artísticos e de inovação, produzidos pela Universidade. Foram contabilizados mais de 20 mil acessos e participações na página do Integra UFMS durante os dias 5 e 8 de outubro e mais de cem mil visualizações no canal da TV UFMS.

“O Integra UFMS segue sendo um grande sucesso porque temos uma equipe comprometida que acredita nesse evento e que trabalha de forma orquestrada para que sempre aconteça da melhor forma possível”, disse a coordenadora Luciana Montera.

Estudos para a melhoria da saúde e qualidade de vida, sobre a riqueza botânica do bioma pantaneiro, problema em matemática pura, qualidade de carnes embutidas comercializadas no estado, produção de cordeiros, monitoramento de bacias hidrográficas em Campo Grande, força feminina na arte e no trabalho no campo, inclusão do esporte adaptado em escolas, obesidade, educação musical de crianças e pensamento crítico na universidade compõem o rico universo de temas dos projetos retratados na Revista.

Essa edição traz ainda entrevistas com a pesquisadora Germana Fernandes Barata da Universidade Estadual de Campinas que fala sobre divulgação científica e com o diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect) Márcio de Araújo Pereira, convidado para falar sobre os investimentos realizados pela Fundação.

 

Texto: Vanessa Amin