Universidade completa 40 anos

Na presença de ex-reitores, pró-reitores, diretores, servidores, representantes federais, estaduais, municipais e da imprensa local, foram realizados na manhã de hoje (5) na reitoria o lançamento do carimbo comemorativo e a apresentação do hino oficial da UFMS. A cerimônia faz parte da celebração dos 40 anos de federalização da Universidade, concretizada pela Lei nº 6.674 no dia 5 de julho de 1979.

Na solenidade o reitor Marcelo Turine e o superintendente estadual de operações dos Correios Genivaldo Lacerda obliteraram o selo comemorativo e mostraram a réplica do carimbo e do selo que ficará exposta no centro de memória da Universidade.

O superintendente dos Correios explicou que os selos comemorativos marcam a história da Instituição e também do país uma vez que, após 30 dias na Agência Central para utilização nas correspondências, são enviados ao Museu Postal em Brasília (DF). “Este é um dos selos comemorativos mais bonitos que já vi. Parabenizo a Universidade pela sua trajetória de sucesso. Ela sempre foi e sempre será referência em educação para todos nós”, declarou.

Participaram da cerimônia a vice-reitora Camila Ítavo; o primeiro reitor da UFMS João Pereira da Rosa e Manoel Catarino Paes Peró, representando os ex-reitores; a reitora da Universidade Federal da Grande Dourados Mirlene Damázio; a senadora Soraya Thronicke; o secretário adjunto de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Ricardo Senna, representando o governador do estado Reinaldo Azambuja;  o deputado Rinaldo Modesto; o secretário municipal de Governo e Relações Internacionais, Antônio Cezar Lacerda Alves, representando o prefeito Marquinhos Trad; e os vereadores de Campo Grande Eduardo Romero, 2º vice-presidente da Câmara, e Roberto Santana dos Santos.

Manoel Peró expressou gratidão ao representar os ex-reitores. “A responsabilidade é muito grande, passei 42 anos da minha vida na UFMS e fui reitor por duas vezes. Tenho orgulho de fazer parte dessa história e por ter feito aqui grandes amizades. Gostaria de destacar que todos ao seu modo se dedicaram e lutaram para que essa instituição crescesse em número de alunos, professores, técnicos e infraestrutura”, disse.

“Esta Universidade é um dos maiores orgulhos que temos em Campo Grande e no estado. Este ano é histórico porque além da comemoração dos seus 40 anos ela nos proporcionará também a realização do maior evento científico da América Latina, que é a 71ª SBPC, oportunizando à nossa população esse contato direto com a ciência e pesquisadores do mundo todo. Só temos a agradecer”, lembrou Antônio Cezar Lacerda Alves.

Ricardo Senna, que é docente da UFMS cedido, também manifestou emoção na participação. “Todos nós fazemos aniversário, nossa história segue junto à da UFMS. Ingressei na Instituição como mensageiro no câmpus do Pantanal em Corumbá, fui secretário do primeiro programa de pós-graduação da Universidade, contribui com a nossa estatuinte nos anos 90, entre tantas atividades exercidas aqui. Essa celebração é muito especial, se olharmos para todas as regiões de Mato Grosso do Sul vemos marcas da UFMS no desenvolvimento dos municípios e do estado. Temos pesquisas que subsidiam as políticas públicas, evidenciando o papel que a Universidade cumpre de desenvolver e disseminar o conhecimento científico”, destacou.

“Gostaria de expressar também o orgulho e a alegria em estar presente nessa cerimônia. Sabemos da história e da luta de toda a região pela UFMS e parabenizo o caminho de sucesso que tem sido trilhado. Vocês hoje são referência em gestão”, lembrou a senadora Soraya Thronicke.

Dando prosseguimento à cerimônia o reitor Marcelo Turine realizou a assinatura da Resolução n° 106, de 5 de julho de 2019, que declara a criação do hino oficial da UFMS. O pró-reitor de Extensão, Cultura e Esportes, Marcelo Fernandes, professor do curso de Música e autor da melodia do hino, explicou que o processo de desenvolvimento contou com um concurso literário e a letra é de autoria do professor da Faculdade de Artes, Letras e Comunicação, Geraldo Vicente Martins. “Buscamos manifestar essa sensação de virtude e otimismo que a UFMS nos inspira e espero que continue inspirando a todos sempre”, elucidou.

Após a apresentação do hino feita em um vídeo gravado com o Coral e a Banda Sinfônica da Universidade, o reitor encerrou a solenidade agradecendo a todos os presentes e a todos os servidores por todo o trabalho já realizado, citando nominalmente ainda todos os ex-reitores e vice-reitores.

“A revolução que tivemos nesses 40 anos na Universidade e principalmente no desenvolvimento do estado e país nos motiva a continuar lutando pela educação e pela ciência. Nossa Universidade é hoje um dos maiores patrimônios do estado e não só pela infraestrutura e serviços prestados, mas pelas pessoas que a compõem e ao conhecimento que elas detêm. Nos orgulhamos do que temos feito até o momento e do potencial que temos e vamos continuar trabalhando para que a história do estado e do país siga marcada positivamente pela UFMS”, finalizou.

O “Capi”, mascote da Universidade, também se juntou aos presentes para o “parabéns” com um bolo em celebração aos 40 anos. A história da UFMS será celebrada durante todo o mês na campanha Eu Respeito.

 

 

Texto: Ariane Comineti – Fotos: Vanessa Amin